Home » » Fazer o gosto ao dedo...

Fazer o gosto ao dedo...

Sei que andavas danado,
para fazeres o gosto ao dedo,
nunca conseguiste disfarçar,
nem disso fazer segredo...
Sou capaz de apostar,
que até sonhaste comigo,
e que ao acordar tu sentiste,
que o teu sonho era um castigo...
Desejaste muitas vezes,
as tuas mãos em mim deslizar,
para depois afundares os dedos,
no meu desejo a pingar...
Arrisco a dizer-te até,
que tomaste o meu sabor,
sem nunca me teres provado,
sem me conheceres o fervor...
Quantas vezes me olhaste,
com vontade de me ter,
e nas curvas do meu corpo,
conduzires o teu prazer...
O que eu gostei, Deus meu,
de te saber eu assim,
quanto mais eu te negava,
mas te queria dizer que sim...
Provoquei até mais não,
quis alimentar-te a loucura,
para quando me desse aos teus dedos,
de ti eu já não tivesse cura...
Quando te permiti o toque,
e fiz também eu o gosto ao dedo,
provei-te de todas as formas,
sepultei-me no teu degredo...

*** Ártemis ***

 
Support : Copyright © 2015. fragmente dinviata - All Rights Reserved