Home » » O pano subiu...

O pano subiu...

Hoje eu subo ao palco,
me dou,
me entrego,
nua,
tua,
para que me cerques com o teu olhar,
para que me aplaudas com o teu sorriso,
hoje é tudo o que eu preciso...
nada mais me esconde,
rasguei a inocência que trazia vestida,
e peço-te que me fantasies com os teus sonhos,
com os teus desejos,
me tapes apenas com os teus beijos...
Hoje sou actriz principal,
da peça da tua vida,
contraceno contigo,
neste enredo antigo,
que pele na pele foi escrito,
as luzes já se acenderam,
o som do coração orquestra o momento,
declamamos o sentimento,
mesmo sem precisar falar...
O pano subiu,
não resta mais tempo,
o corpo chama a alma,
escondida nos bastidores do coração,
e juntos mão na mão,
dão vida ao argumento...

*** Ártemis ***
 
Support : Copyright © 2015. fragmente dinviata - All Rights Reserved